Merkel comovida por inundações 'surreais' na Europa

A chanceler alemã Angela Merkel começou a percorrer, neste domingo, áreas devastadas pelas piores inundações 'do século' na Europa Ocidental, que deixaram ao menos 184 mortos em seu país e na Bélgica e dezenas de desaparecidos, além de danos consideráveis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos