Merkel faz apelo por diálogo aos partidos após eleições na Alemanha

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
A chanceler alemã Angela Merkel (AFP/Jan Woitas)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A chanceler Angela Merkel fez um apelo implícito aos partidos políticos da Alemanha neste domingo (3) para que superem as divisões após as eleições legislativas, em um contexto de negociações difíceis para a formação do governo.

"Temos que continuar moldando nosso país. Podemos discutir sobre a forma precisa de fazer isto no futuro, mas sabemos que temos a solução, que temos que ouvir a todos, uns aos outros, e dialogar", declarou Merkel durante um discurso por ocasião do dia nacional da reunificação da Alemanha, em 1990.

"Temos divergências, mas também coisas em comum. Estejam dispostos a reunir-se com os demais [...] e tenham a capacidade de suportar as diferenças", completou. "Esta é a lição de 31 anos de unidade alemã" destacou.

Estas foram as primeiras declarações de Angela Merkel sobre o resultado das eleições e a situação provocada pelo resultado.

As negociações exploratórias entre partidos para a formação do novo Executivo começam neste domingo e devem ser muito complicadas.

Muito provavelmente será necessária uma aliança de três partidos com programas muito distintos para alcançar a maioria.

A opção considerada mais plausível no momento é a de uma coalizão do Partido Social Democrata (SPD), o mais votado nas eleições e liderado por Olaf Scholz, com o Partido Verde e o Partido Democrático Liberal (FDP, direita).

ylf/sba/jvb/eg/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos