Merkel quer manter lockdown na Alemanha até final de fevereiro, dizem fontes

Chanceler da Alemanha, Angela Merkel

BERLIM (Reuters) - O lockdown na Alemanha para conter a disseminação do coronavírus deve continuar até o final de fevereiro, disse a chanceler alemã, Angela Merkel, a parlamentares do seu grupo conservador, segundo relatos de participantes do encontro à Reuters.

Antes de conversas sobre o lockdown com os 16 primeiros-ministros estaduais da Alemanha na quarta, a chanceler disse que as escolas primárias, creches, salões de cabeleireiro e lojas de varejo terão prioridade em qualquer flexibilização, e o objetivo é evitar um novo lockdown.

(Reportagem de Andrea Rinke)