Mesmo após 30 anos, Plantão da Globo ainda causa arritmia em espectadores

Mesmo após 30 anos, Plantão da Globo ainda causa arritmia em espectadores (Foto: Reprodução/Globo)
Mesmo após 30 anos, Plantão da Globo ainda causa arritmia em espectadores (Foto: Reprodução/Globo)

Durante o último sábado (21), o famoso (e temido) Plantão da Globo apareceu mais uma vez durante a programação da emissora. Dessa vez, o bloco emergencial de notícias anunciou que o presidente Lula (PT) havia exonerado o general Júlio César de Arruda do comando do Exército.

Como é de costume, o plantão tirou internautas do eixo, desesperados sobre a possibilidade de ter acontecido alguma tragédia, especialmente após os ataques à Praça dos Três Poderes, em Brasília, no último dia 8 de janeiro. Confira:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A reação não é infundada. No ar há mais de 30 anos, o plantão foi responsável por anunciar algumas das principais tragédias da história recente do Brasil e do mundo. A primeira notícia foi a do assassinato do então primeiro-ministro da Índia, Rajiv Gandhi, e aconteceu em 21 de maio de 1991.

Na ocasião, a Globo exibia o clássico "Top Gun: Ases Indomáveis", longa estrelado por Tom Cruise. Desde então, não há hora para o plantão surgir em meio à programação e nos deixar com a sensação de ter sofrido uma arritmia cardíaca, como se o coração tivesse parado de bater por alguns segundos.

O assustador Plantão da Globo

Após a estreia, o Plantão da Globo ganhou música e vinheta próprios, tornando-o ainda mais temível. Sempre que a composição de João Nabuco começa a tocar, é hora de correr para a frente da televisão e testemunhar algum acontecimento marcante.

As mortes do piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna, do cantor Claudinho, da dupla com Buchecha, e do ator Domingos Montagner foram algumas das notícias dadas em caráter emergencial através do Plantão. O impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e o acidente da Chapecoense, ambos em 2016, também foram alguns dos destaques no bloco.