Mesmo com licenciamento quitado, motoristas não conseguem emitir CRLV digital atualizado. Veja o que fazer

O calendário de licenciamento de veículos no Rio só acaba em 31 de dezembro, mas alguns motoristas fluminenses que já quitaram o Guia de Regularização de Taxas (GRT) continuam sem conseguir acessar o documento atualizado do veículo no aplicativo da Carteira Digital de Trânsito.

De acordo com a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), para emissão e atualização do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) digital, é necessário que todos os débitos do veículo, como licenciamento, IPVA e multas, estejam quitados. Caso algum débito esteja em aberto, o proprietário precisa buscar o Detran para efetuar o pagamento.

No caso do Estado do Rio, no entanto, não é necessário estar com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) quitado, nem com o pagamento de multas em dia, para emitir o CRLV digital.

Segundo o Detran-RJ, para que o documento apareça atualizado no aplicativo, é necessário que o proprietário do veículo pague as taxas GRT e o seguro DPVAT dos anos anteriores, caso estejam em atraso (o referente ao licenciamento de 2022 não será cobrado).

O órgão explica que, após pagar as taxas, pode levar até 20 dias úteis para o pagamento ser compensado no banco. Só a partir daí o aplicativo reconhece a regularização e disponibiliza o documento.

Além disso, se o carro for a gás (GNV), é importante verificar se o Certificado de Segurança Veicular (CSV) foi emitido no ano vigente. Se não, é preciso regularizá-lo.

O Detran-RJ explica que o motorista pode atualizar o aplicativo, fazendo o logout na plataforma e entrando novamente no sistema. Se ainda assim o CRLV continuar desatualizado, é preciso entrar em contato com a Ouvidoria da autarquia. O atendimento pode ser feito pela internet, no site do Detran (clique aqui).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos