Mesmo com previsão de chuva, praias da Zona Sul do Rio ficam lotadas no primeiro dia do verão

Ricardo Rigel
Banhistas aproveitam a praia no Posto 9, em Ipanema

RIO — Areia quente, formigueiro em polvorosa. O primeiro dia do verão fez cariocas e turistas ocuparem seu lugar de refugio, sossego e lazer: as praias da cidade. O dia amanheceu com o céu parcialmente nublado, mas nem mesmo a previsão de chuva alertada pela meteorologia fez diminuir a animação dos banhistas. A carioca Elisângela Almeida Pires, de 43 anos, foi uma que acabou de chegar de viagem e nem esquentou o sofá de casa. Acompanhada de duas amigas, foi dar um mergulho no Arpoador.

— Eu estava fora do Brasil. Cheguei sábado no Rio e hoje já acordei com planos de curtir o Arpoador. Na minha opinião, esse é o cantinho mais gostoso da cidade para dar um mergulho, tomar uma água de coco bem gelada e curtir com os amigos. Imaginei que o sol estaria mais forte, mas mesmo com o tempo nublado a sensação é de muito calor. É preciso se hidratar! — ressaltou.

Mas se engana quem acha que todo mundo vai à praia para tomar banho de mar. Na Pedra do Arpoador — eleita por um juri especializado ouvido pelo GLOBO como o local da cidade com a melhor paisagem —, muitos turistas aproveitavam para fazer selfies.

— Sempre tive vontade de conhecer o Rio de Janeiro. Esse lugar é realmente deslumbrante. Antes de viajar, muitos amigos indicaram que eu deveria conhecer a Pedra do Arpoador. É linda, ainda mais com essa vista para o Morro Dois Irmãos — disse a enfermeira Ana Cybelle Souza, de Recife, Pernambuco.

Na Praia de Ipanema, alguns banhistas, além de curtir o mar que estava com correnteza, também aproveitaram para jogar o tradicional futevôlei. Muita gente também deu uma paradinha na Barraca do Uruguay, famosa pelos drinks e pelos sanduíches de linguiça, carne e frango.

Para Milton Gonzalez, 72 anos, dono da tenda, que há 40 anos funciona na altura do Posto 9, chegou a melhor época do ano.

— O Rio de Janeiro combina com o calor. As pessoas ficam mais animadas, saem de casa e as praias ficam lotadas. Eu amo, porque já conheço grande parte da clientela. Hoje já atendo fregueses da terceira geração de uma mesma família. Isso é maravilhoso — contou.

Se a agitação tomou conta da Zona Sul, nas praias da Zona Oeste, o clima era de muita tranquilidade. A areia não lotou na Praia do Grumari, na Barra da Tijuca.

Para os próximos dias que antecedem o Natal, a previsão não é tão boa para quem quer curtir a praia. Segundo o Climatempo, há grande preocupação com a chuva sobre a Região Sudeste. Já o Alerta Rio informa que o tempo continua instável, com céu nublado e possibilidades de chuvas moderada a forte até a tarde de terça-feira. A partir de quarta-feira, haverá diminuição da nebulosidade e não há previsão de chuva.