Mesmo em queda pela segunda semana seguida, diesel acumula alta de 28,7% nos postos no ano

Apesar de o diesel registrar a segunda queda semanal seguida nos postos, o preço acumula alta de 28,7% no acumulado deste ano, informa a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Segundo o levantamento de preços da ANP, o preço médio do litro do diesel caiu de R$ 6,918 para R$ 6,882 nas duas últimas semanas. É um recuo de 0,52%. Na máxima, o preço do diesel é encontrado a R$ 8,300.

Entrave: Decreto de calamidade que poderia abrir espaço para subsídio a diesel opõe ala política do governo a equipe de Guedes

FGTS: Aplicou no FGTS-Vale e Petrobras? Veja se vale a pena trocar pela Eletrobras

Subiu 12 posições: Com alta de 1% do PIB, Brasil dá salto em ranking global e fica na 9ª posição

Já a gasolina, que está em queda há três semanas consecutivas, tem alta de 8,21% desde janeiro. Nesta semana, o preço médio do litro nos postos do Brasil ficou em R$ 7,218, uma queda de 0,46% em relação à semana anterior. Na máxima, o preço do litro vendido no Brasil está em R$ 8,490.

Ontem, a Petrobras anunciou reajuste de 11% no preço do querosene de aviação (QAV) para o mês de junho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos