Meta e Qualcomm assinam parceria em chips para realidade virtual

Por Katie Paul

(Reuters) - A Meta Platforms assinou um acordo para que a Qualcomm produza chipsets personalizados para seus dispositivos de realidade virtual Quest, anunciaram as empresas em um evento em Berlim nesta sexta-feira.

As equipes de engenharia e produto de ambas as empresas trabalharão juntas para produzir os componentes, equipados com as plataformas Snapdragon, da Qualcomm, disseram as companhias em comunicado.

"Ao contrário dos celulares, construir a realidade virtual traz novos desafios multidimensionais em computação espacial, custo e fator de forma", disse o presidente-executivo da Meta, Mark Zuckerberg, em uma mensagem de vídeo.

"Ainda estamos nos estágios iniciais do metaverso e esse tipo de integração técnica profunda ajudará a realidade virtual a se tornar uma plataforma de computação multifuncional", disse ele.

A Meta vem investindo pesadamente em tecnologias como óculos de realidade aumentada, enquanto tenta dar vida à visão de Zuckerberg para o metaverso, um conceito que envolve um conjunto imersivo de mundos digitais.

A Meta conta com os chips da Qualcomm para seus dispositivos de realidade virtual há anos, inclusive para seu mais recente óculos Quest2.

Os chipsets produzidos através da colaboração não serão exclusivos da Meta, mas serão otimizados para as especificações do sistema do Quest, disse o porta-voz da Meta, Tyler Yee, à Reuters.

Os termos financeiros do negócio não foram divulgados. O acordo abrange apenas dispositivos de realidade virtual, disse Yee, e a Meta continuará trabalhando para desenvolver algumas de suas próprias soluções de silício.

(Reportagem adicional de Stephen Nellis e Supantha Mukherjee)