Meta nega reportagem que afirma que Zuckerberg vai deixar presidência em 2023

BENGALURU, Índia (Reuters) - O porta-voz da Meta Platforms Andy Stone afirmou em uma publicação no Twitter que uma reportagem dando conta que o presidente-executivo da companhia, Mark Zuckerberg, vai deixar o posto no próximo ano é falsa.

O site de notícias The Leak publicou mais cedo que Zuckerberg está pronto para renunciar em 2023. A publicação citou uma fonte da companhia.

As ações da Meta, dona do Facebook e Instagram, fecharam o dia em alta de 1,4%, a 111,44 dólares.