Metaverso: soma da venda de terrenos virtuais passa dos R$ 565 milhões

·1 min de leitura
No metaverso, soma das vendas de terrenos virtuais passa dos R$ 565 milhões. Foto: Getty Images.
No metaverso, soma das vendas de terrenos virtuais passa dos R$ 565 milhões. Foto: Getty Images.
  • Dados do DappRadar demonstram que apenas quatro projetos no metaverso movimentaram mais de US$ 100 milhões;

  • O alto valor foi gerado entre os dias 22 e 28 de novembro pelos mais dos seis mil investidores dos projetos;

  • Entre os motivos do sucesso estariam os debates envolvendo a Meta.

Parece que a especulação fundiária já não está mais contida apenas em terras do mundo material. De acordo com dados divulgados pelo DappRadar, a postura especulativa está com tudo no metaverso. 

Por exemplo, apenas quatros projetos no nicho virtual já movimentaram mais de US$ 100 milhões, ou seja, cerca de R$ 565 milhões, por meio das vendas de terrenos virtuais em formato de NFT (token não fungível, em tradução).

Leia também:

O alto valor foi gerado entre os dias 22 e 28 de novembro, pelos mais de seis mil investidores dos projetos The Sandbox, Decentraland, CryptoVoxels e Somnium Space.

O crescimento de popularidade da modalidade, que também é impulsionada pelas polêmicas envolvendo a Meta, contribuiu na transformação dos espaços virtuais em uma nova espécie de commodity.

Um dos exemplos de sucesso entre os diversos projetos é o The Sandbox, que sozinhou gerou US$ 86,56 milhões em uma semana, ficando alto no pódio, junto ao Decentraland e ao CryptoVoxels, que alcançaram, respectivamente, por volta de US$ 15,53 milhões e US$ 2,68 milhões. Enquanto isso, o Somnium Space gerou apenas US$ 1,1 milhão.

Yat Siu, presidente e cofundador da Animoca Brands, empresa-mãe da Sandbox, afirma que a marca capturou a narrativa de um metaverso real, no qual o usuário pode realmente ter uma parcela do ambiente, o que acaba por refletir no preço simbólico.

As informações são do Tecmundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos