Metaverso pode mudar nossa forma de viver. Mas o que é isso?

·2 minuto de leitura
LONDRES, INGLATERRA - 08 DE OUTUBRO: Ulrich Schrauth (R) fala com um convidado no palco durante a experiência de realidade virtual do 64º Festival de Cinema de Londres 360 do 64º BFI no BFI Southbank em 08 de outubro de 2020 em Londres, Inglaterra. (Foto de Samantha Kingston / Getty Images para BFI)
  • Uma das empresas que mais está avançando nesse novo mundo é o Facebook

  • Plataformas de jogos digitais como Roblox e Second Life apresentam um mundo virtual

  • Uma forma de entender o Metaverso é assistir ao filme de 2018 de Spielberg, ‘Jogador 1’

Uma novidade está na nossa vida e, talvez, você sequer tenha percebido. Com tantas notícias diárias (crise política, economia, COVID), uma transformação está ocorrendo e vai modificar como nos conectamos com inúmeras situações diárias.

O Metaverso está cada vez mais presente na nossa vida e deve ser a próxima revolução que vamos viver. Porém, o que é isso? Metaverso é uma nova fase da internet, que vai fundir realidade estendida, virtual e aumentada. E isso vai revolucionar como interagimos, trabalhamos e vivemos.

Leia também:

O Wall Street Journal tem uma definição própria para Metaverso: “um extenso mundo online transcendendo plataformas de tecnologia individuais, onde as pessoas vivem em espaços virtuais imersivos e compartilhados. Por meio de avatares, as pessoas poderiam experimentar os itens disponíveis nas lojas ou assistir a shows com amigos, da mesma forma que fariam off-line”.

Uma das empresas que mais está avançando nesse novo mundo é o Facebook. Em uma reunião com funcionários, o fundador e CEO Mark Zuckerberg expôs o que a companhia tem feito e as possibilidades de usar a tecnologia: “Você pode pensar nisso como uma Internet incorporada na qual você está por dentro, em vez de apenas olhar para ela. Acreditamos que este será o sucessor da Internet móvel”.

Agora, como isso pode ser incorporado em nossas vidas? Ao invés de você acordar e checar suas mensagens no telefone, você terá feito isso no Metaverso. Quase uma segunda vida. E isso existe em algum lugar? Sim! Plataformas de jogos digitais como Roblox e Second Life apresentam um mundo virtual, que você precisa de dedicação como se tivesse em situações normais de vida. Jogos como Fortnite e Free Fire estão transformando nossa relação nas disputas. O primeiro teve um show de Ariana Grande e venda de roupas da Louis Vuitton (para o avatar no jogo).

Caso você ainda não tenha caído em um desses mundos, pode ser difícil entender o que está acontecendo aqui. Uma forma abreviada conveniente de entender o Metaverso é assistir ao filme de 2018 de Spielberg, ‘Jogador 1’, que, se você ignorar a ‘hollywoodificação’, tem uma excelente simulação do que as pessoas estão contemplando (não importa que a vida possa acabar imitando essa arte). Mais uma fonte: O romance de 1992, “Nevasca,” onde o escritor de ficção científica Neal Stephenson cunhou o “Metaverso”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos