Metrô fecha estações na zona leste de SP para obras neste domingo

·3 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 30-04-2021: O Metrô estuda conceder o nome das estações (naming rights) para a iniciativa privada. Fotos na estação Corinyhians - Itaquera, na linha vermelha. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 30-04-2021: O Metrô estuda conceder o nome das estações (naming rights) para a iniciativa privada. Fotos na estação Corinyhians - Itaquera, na linha vermelha. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As estações Corinthians-Itaquera e Artur Alvim, na Linha 3-Vermelha do metrô de São Paulo, ficarão fechadas para embarque e desembarque neste domingo (12) por causa de obras de melhoria.

Para atender os passageiros neste trecho na zona leste da capital, serão disponibilizados ônibus gratuitos do sistema Paese (Plano de Apoio entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência). A partir da estação Patriarca, a circulação dos trens será normal até Palmeiras-Barra Funda.

Como opção de transporte, além dos ônibus do Paese, os passageiros também terão a Linha 11-Coral da CPTM (Companhia de Trens Metropolitanos). Essa linha passa por Corinthians-Itaquera e permite a transferência gratuita para o metrô nas estações Tatuapé e Brás (Linha 3-Vermelha) ou na estação Luz (Linha 1-Azul).

Segundo divulgado pelo metrô, a interdição é necessária para a instalação de equipamentos do novo sistema de controle de trens (CBTC), que tem como objetivo diminuir a distância entre as composições, reduzindo o intervalo entre eles e permitindo a circulação de mais trens simultaneamente.

Além das duas estações fechadas, o metrô de São Paulo vai funcionar em operação especial neste domingo (12) em virtude das manifestações em defesa do impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), marcadas para acontecerem na Avenida Paulista, zona sul da capital.

Haverá reforço na circulação dos trens das quatro linhas, além de ampliação do quadro de funcionários de atendimento e limpeza.

Para facilitar a chegada e retorno do público da manifestação, haverá direcionamento de fluxo nas estações Consolação, Trianon-Masp e Brigadeiro a partir das 10h.

No período inicial, a maior parte dos acessos dessas estações será para a saída das pessoas em direção a Paulista, com uma entrada exclusiva para quem quiser acessar a estação. Já no período da tarde, a situação se inverte para melhorar o fluxo de retorno dos passageiros.

Nesta volta, a exceção será a estação Trianon-Masp que ficará fechada das 12h às 20h, por estar mais próxima ao local de concentração do evento. As estações Brigadeiro e Consolação seguirão como alternativa. Essa estratégia é feita em eventos de grande circulação de pessoas, para garantir a segurança dos envolvidos.

Nas estações da região da Paulista e nas demais de maior fluxo, o metrô vai ampliar o quadro de funcionários de atendimento, segurança e limpeza, além de auxiliar os passageiros na utilização do bilhete QRCode.

A frota de trens em circulação nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata será maior que um domingo habitual e haverá composições reservas, em caso de aumento do fluxo de passageiros. A estratégia envolve também mensagens sonoras nas estações e trens para orientar o público sobre os melhores acessos e caminhos a utilizar.

O serviço de bilheteria será reforçado para reduzir filas e o passageiro pode optar por adquirir bilhete digital (QRCode) pelo celular, através do aplicativo TOP ou pelo WhatsApp 11 3888-2200 --basta adicionar o número, enviar mensagem e seguir as orientações.

Outra opção é comprar o bilhete nas máquinas de autoatendimento das estações com cartão de débito. O metrô recomenda a aquisição de bilhetes com antecedência para evitar filas.

Em caso de dúvidas, a central de informações do metrô pode ser contatada diariamente entre 8h e 20h, pelo telefone 0800-770-7722.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos