MetrôRio realiza iniciativa de plantio de sementes nesta quarta-feira

·2 minuto de leitura

RIO — Nesta quarta-feira, 22, o MetrôRio realiza uma ação de plantio de sementes da Mata Atlântica em comunidades da Zona Norte. A iniciativa acontece no Dia Mundial Sem Carro, e a cada 500 passageiros embarcados será plantada uma semente — a expectativa é que, ao fim do dia, mil espécies possam ser semeadas na região da Grande Pavuna.

— Nós transportamos muita gente ao mesmo tempo, então faz todo sentido apoiar essa data e nos apropriarmos dela daqui pra frente. Queremos fazer a população andar de metrô e contribuir para uma cidade mais limpa e mais sustentável. A ideia do plantio de mil árvores nas comunidades no entorno (das estações) é uma coisa que nos orgulha muito, e se alinha com nossa estratégia de responsabilidade social e fomento às áreas próximas. Esperamos que a população adote esta data — disse Simone Pfeil, gerente de Comunicação e Marketing da concessionária, em comunicado.

A iniciativa será realizada em parceria com a ONG Argilando, que ficará responsável pelos estudos de solo e plantio das sementes, que devem ser plantadas no fim de outubro. O número de grãos obtidos poderá ser conferido durante todo o dia, através das redes sociais da concessionária.

Segundo a MetrôRio, o objetivo principal é auxiliar o combate ao aquecimento global e reduzir a erosão e degradação do solo das comunidades assistidas. Ainda de acordo com a empresa, que registra média de 450 mil embarques diários em suas composições, apenas no ano passado foi evitada a emissão de cerca de 24 mil toneladas de gás carbônico.

Um artigo publicado no mesmo ano pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) mostrou que a emissão de gases nos metrôs do Rio e São Paulo é 50 vezes menor que o quantitativo emitido por carros e 6,4 vezes menor que os ônibus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos