Metralhado em BMW blindada atingida por mais de 80 tiros de fuzil foi morto com disparos na cabeça, peito e braços

Metralhado por tiros de fuzil quando dirigia um automóvel BMW X 6, blindado, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, Tiago Barbosa, de 36 anos, foi atingido por disparos principalmente na cabeça, no peito e nos braços. A constatação foi feita por médicos legistas durante um exame realizado no corpo do motorista , nesta quinta-feira, no Instituto Médico-Legal, também localizado no mesmo município. Durante a perícia, pelo menos três fragmentos de projéteis teriam sido encontrados no cadáver da vítima e recolhidos pelos peritos. Um laudo apontando a trajetória dos tiros no corpo deverá ser enviado nos próximos dias para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense(DHBF).

A unidade policial é a responsável pela apuração do crime, que é investigado pela polícia como execução. O carro de luxo, que tem valor de mercado estimado em mais de R$ 800 mil, foi levado para o pátio da DHBF, onde deverá passar por uma perícia complementar. Há no veículo pelo menos 83 perfurações produzidas por fuzil. A maior parte delas agrupadas entre o vidro lateral esquerdo do automóvel e a maçaneta do motorista ( há neste trecho da lataria pelo menos 50 marcas de disparos ). Isso indicaria que os tiros teriam sido disparados de uma distância curta ou média.

O exame pericial pode esclarecer pontos como a quantidade exata de disparos que atravessaram o carro e ainda quantos perfuraram apenas um dos lados da BMW. Além, é claro, de possivelmente indicar o número de armas e de calibres utilizados no assassinato. Tiago Barbosa foi assassinado, nesta quarta-feira, no Bairro da Luz, em Nova Iguaçu. A DHBF investiga a informação de que dois homens encapuzados seriam os autores do assassinato. Eles teriam descido de um veículo que seguia o carro da vítima e fizeram os disparos. O áudio de uma pessoa, que teria assistido ao crime e que circula nas redes sociais, informa ter visto a BMW com a roda esquerda dianteira torta, quando o carro trafegava pelo viaduto da Via Light, indicando que Tiago ainda teria tentado fugir de uma possível perseguição.

Cerca de 300 metros depois, já na altura da Rua professor Joaquim Cardoso de Matos, próximo a um semáforo, os assassinos alcançaram o BMW e fizeram os disparos. O corpo de Tiago Barbosa foi sepultado, nesta quinta-feira, no Cemitério Jardim de Mesquita, no bairro de Edson Passos, em Mesquita. Equipes da DHBF vão tentar recolher imagens de câmeras de segurança que possam ter flagrado a execução. De acordo com a Polícia Civil, o caso é investigado em sigilo. A DHBF tenta levantar ainda a possível motivação da execução.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos