"Métricas precisam dar base ao propósito”: confira o pitch de Luana Génot

·1 min de leitura

Não basta ter um objetivo, é preciso ter métricas para sustentá-lo: para Luana Génot, diretora executiva do (ID_BR) essa aliança entre propósito e números que possam desenhar um cenário estratégico para o desenvolvimento de um negócio é fundamental para um pitch perfeito.

“Quando a gente conciliou o nosso propósito com as métricas do que representa a população negra e indígena, isso deu match”, afirma Luana Génot sobre a apresentação da ideia que deu origem à parceria entre o ID_BR e a Hering em uma coleção-cápsula de roupas. 

Leia também:

Autora do livro “Sim à igualdade racial: raça e mercado de trabalho”, Luana é fundadora e diretora executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), publicitária, pesquisadora na área de raça, etnia e mídia e mestra em Relações Étnico-raciais. Com o selo “Sim à Igualdade Racial”, o instituto dirigido por ela ajuda as empresas a tirarem o racismo do imaginário com um plano de ações ID_BR.

Educar até as empresas ‘canceladas’

Fundadora e diretora executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), Luana Génot é publicitária, pesquisadora na área de raça, etnia e mídia e mestra em Relações Étnico-raciais. Luana fala sobre o selo “Sim à Igualdade Racial”, que ajuda as empresas a tirarem o racismo do imaginário com um plano de ações em uma jornada que, ao longo de três anos, desenvolve Compromisso, Engajamento e Influência na pauta da equidade racial.

Na era do cancelamento, Luana acredita que a sociedade tem todo o direito de deixar de comprar de uma empresa por determinada atitude, mas explica que o papel do ID_BR é de ensinar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos