Metrô de São Paulo tem casos de assaltos dentro das estações

Último caso aconteceu na estação Sumaré, da Linha-2 Verde do Metrô de São Paulo. (Foto: Paulo Lopes/Anadolu Agency via Getty Images)
Último caso aconteceu na estação Sumaré, da Linha-2 Verde do Metrô de São Paulo. (Foto: Paulo Lopes/Anadolu Agency via Getty Images)
  • No domingo, vítima foi ameaçada com faca dentro de estação

  • São ao menos dois casos nos últimos dias

  • Metrô de São Paulo promete melhora no sistema de monitoramento

Nos últimos dias, dois assaltos foram registrados em estações do Metrô de São Paulo. O último caso aconteceu neste domingo (4), na estação Sumaré, da Linha-2 Verde, e o suspeito teria ameaçado a vítima com uma faca.

O outro caso foi registrado na sexta-feira (2). Um adolescente teve o celular roubado dentro do vagão da Linha-3 Vermelha, entre as estações Sé e Pedro 2º. As informações são do portal G1.

O Metrô emitiu uma nota afirmando que irá fornecer as imagens das câmeras de segurança para a polícia e colaborar com as investigações. A companhia prometeu ainda aumentar o esquema de segurança nas estações.

Além disso, afirma que está investindo na ampliação e renovação de câmeras que poderão ajudar na identificação de suspeitos de crimes nas dependências do Metrô.

No primeiro semestre de 2022, a companhia registrou 28 roubos e 73 furtos de celulares. Em 2019, também no primeiro semestre, foram 46 roubos e 177 furtos.