Metro quadrado em Hong Kong estabelece novo recorde de US$ 188 mil

·1 minuto de leitura
Prédio no bairro de Mid-Levels de Hong Kong, em 17 de fevereiro, onde um apartamento de 313 m2 foi vendido pelo preço recorde de US$ 188.000 o m2, a US$ 59 milhões

Um apartamento na cidade de Hong Kong foi vendido por US$ 188 mil o metro quadrado, representando um novo recorde no mercado imobiliário da ilha chinesa, que continua muito dinâmico apesar da recessão econômica - informou a imprensa local nesta quarta-feira (17).

O comprador pagou 459,4 milhões de dólares de Hong Kong (cerca de US$ 59 milhões) por um dúplex de cinco quartos de 313 metros quadrados no número 21 da Borrett Road, no Upper Mid-Levels. O preço bateu um recorde que remontava a 2017.

Atingida por meses de protestos em 2019, a economia de Hong Kong afundou ainda mais em 2020, devido à pandemia covid-19 e ao fechamento das fronteiras.

O PIB desta região semiautônoma chinesa registrou contração de 6,1% em 2020, provocando uma taxa de desemprego de 6,6%, o mais alto índice dos últimos 16 anos.

Hong Kong é uma cidade de surpreendentes contrastes. Uma concentração extravagante de carros de luxo esbarra nas ruas com idosos pobres que recolhem pedaços de papelão em carrinhos para reciclagem.

Esta transação imobiliária confirma que os bilionários de Hong Kong não estão sofrendo com a crise.

jta/jac/at/zm/mar/tt