Michael Stipe canta 'It’s the end of the world as we know it' em vídeo com dicas contra coronavírus

De volta às paradas diante da pandemia do coronavírus, a música "It’s the end of the world as we know it (and I feel fine)", da banda americana R.E.M., foi lembrada pelo vocalista Michael Stipe em um vídeo com um apelo para a conscientização sobre a pandemia do covid-19.

"É o fim do mundo como nós conhecemos e eu me sinto bem", cantou o vocalista na mensagem. Apesar do conteúdo sombrio da letra, Stipe usou o restante do vídeo para fornecer orientações sobre como evitar o aumento de casos de coronavírus, como ficar em casa o quanto for possível; lavar as mãos por 20 segundos e manter distância das pessoas, mesmo que você não tenha sintomas.

"Aja como se você já tivesse o vírus: você não vai querer ficar perto de ninguém porque poderia contagiar as pessoas, e elas poderiam transmitir a outros — você não quer ser esse cara. Eu não quero ser esse cara".

O vídeo foi feito na última terça-feira, 17 de março, data em que se comemora o dia de São Patrício, padroeiro da Irlanda. A data é amplamente celebrada também nos Estados Unidos, e Stipe prometeu celebrar daqui a quatro meses.

Outro apelo do cantor foi para o cuidado na hora de se informar. Ele rogou para que as pessoas procurem fontes seguras, e indicou o site do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

"Embora você esteja ouvindo isso de um ex-pop star, não acredite nas redes sociais. Vá ao site do CDC. Vá a sites de notícia de confiança para obter informação", recomendou.

Lançada em 1987, "It's the end of the world as we know it (and I feel fine)" chegou ao 63º lugar no ranking de mais ouvidas do iTunes nos Estados Unidos. E a escalada segue hora após hora. Comparativamente, há 33 anos, em seu auge de sucesso, a canção chegou à 69ª colocação no Top 100 da "Billboard".