Microsoft admite que Xbox está vendendo menos da metade do PlayStation 4

Microsoft afirmou que Xbox One vendeu menos da metade de consoles do que o PlayStation 4, da Sony (Olly Curtis/Future Publishing via Getty Images)
Microsoft afirmou que Xbox One vendeu menos da metade de consoles do que o PlayStation 4, da Sony (Olly Curtis/Future Publishing via Getty Images)
  • Americana afirma que Xbox One vendeu menos da metade de consoles do que o PlayStation 4

  • Afirmação foi dita em documento enviado ao órgão regulador de fusões no Brasil;

  • Microsoft, no entanto, parece estar vencendo a batalha pela nona geração.

Em documento enviado ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a Microsoft admitiu ter perdido a batalha da oitava geração de consoles, definida pelo lançamento do Xbox One da americana, e do PlayStation 4 da japonesa Sony.

Com a compra da Activision Blizzard, as empresas devem enviar aos órgãos regulatórios de fusões dos países em que atuam documentos para análise, de forma a determinar que a união não crie uma empresa forte o suficiente para dominar o mercado. Por conta disso, diversos fatos agora foram abertos ao público.

Enquanto a maioria é insignificante, em um dos documentos a própria gigante dos computadores americana admite ter perdido a briga na oitava geração de videogames, que além do Xbox One e PlayStation 4, também conta com o nome de peso do Nintendo Switch, lançado já no final da era.

A Sony ultrapassou a Microsoft no que diz respeito às vendas de consoles e número total de jogadores, superando em mais do que o dobro de unidades vendidas do Xbox One na geração anterior", disse a americana às autoridades brasileiras.

Com a afirmação, a Microsoft intencionalmente se coloca em um nível abaixo no mercado quando comparada a sua maior rival. A estratégia faz sentido, visto que quer demonstrar que sua fusão com a produtora Activision Blizzard não a dará vantagens desleais no mercado.

A estratégia, no entanto, parece não abarcar os números da nona geração de consoles, que tem como grandes nomes o PlayStation 5 e o Xbox Series S e X, na qual a Microsoft parece estar se saindo bem melhor que a japonesa, que encontra dificuldades no fornecimento de materiais para seu console.

A nona geração também conta com novos nomes no cenário, como o Google e a Amazon, com seus videogames Google Stadia e Amazon Luna, além da Valve, tradicional no mercado de jogos de computador, com o Steam Deck.