Microsoft anuncia que Xbox One não será mais fabricado

·1 min de leitura
(Photo by JUNG YEON-JE/AFP via Getty Images)
(Photo by JUNG YEON-JE/AFP via Getty Images)
  • Foco agora é na produção dos consoles de nova geração da companhia, Xbox Series S e X;

  • Empresa parou de produzir o Xbox One ainda em 2020, mas não comunicou a decisão;

  • Principal rival da Microsoft no segmento, a japonesa Sony escolheu seguir o rumo contrário.

A Microsoft anunciou nesta sexta-feira (14) que encerrou a produção do Xbox One, modelo da geração passada de videogames da companhia. Na verdade, a empresa anunciou que parou de produzir o console no final de 2020.

O encerramento da produção se deu de maneira silenciosa, sem comunicar o público. De acordo com a empresa, a sua produção está focada agora no console de nova geração, o Xbox Series S e X.

De acordo com a Diretora Geral de Marketing do Xbox nos Estados Unidos, Cindy Walker, os modelos existentes no mercado atualmente são também os últimos.

Leia também:

A notícia veio à tona no mesmo momento em que a Sony decidiu pelo caminho oposto, aumentando a produção de seu console da geração passada, o PS4.

De acordo com a empresa japonesa, a crise de chips mundial dificultou a produção do PS5.

A escassez do PlayStation 5 é sentida ao redor do mundo, com fãs ao redor do globo do sistema relatando dificuldades de encontrar e comprar o console.

Os poucos que aparecem para venda são, no geral, fruto de revenda de cambistas que esperam lucrar no mercado secundário.

O mesmo problema afeta o console Xbox Series X, da Microsoft. No entanto a versão mais básica, sem leitor de Blu-Ray, menor armazenamento e menor poder de processamento, o Xbox Series S pode ser encontrado facilmente ao redor do mundo.

Além disso, seu preço é equivalente ao do PS4, console inferior tecnicamente, em diversos países, como o Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos