Microsoft demite 10 mil pessoas em nova onda de cortes das big techs

Microsoft: funcionários da empresa se preparam para mais uma rodada de demissões (AP Photo Ted S. Warren, File)
Microsoft: funcionários da empresa se preparam para mais uma rodada de demissões (AP Photo Ted S. Warren, File)
  • Empresa já realizou uma rodada de demissões em outubro de 2022;

  • Setor de tecnologia já viu uma média de 1.600 demitidos por dia em 2023;

  • Contratações na Microsoft só devem voltar ao normal em um ou dois anos, afirmaram fontes.

Parece que a onda de demissões em massa no setor de tecnologia está longe de acabar. A Microsoft anunciou nesta quarta-feira a demissão de 10 mil funcionários no mundo todo - o que representa 5% total de sua força de trabalho global. Ainda não é possível se as operações no Brasil serão afetadas.

A empresa prometeu dar um aviso prévio de pelo menos 60 dias e benefícios como plano de saúde por mais seis meses.

A empresa já realizou uma rodada de demissões em outubro, cortando cerca de mil funcionários de seu quadro.

Segundo fontes internas, a Microsoft estendeu o congelamento de contratações, um sinal de que mais dispensas estão por vir. As fontes afirmaram também que a expectativa da empresa é que a sua taxa de contratação retorne ao normal somente em um ou dois anos. As informações são do portal Business Insider.

Enquanto muitas das equipes da empresa americana estão com as contratações congeladas, outras mais essenciais precisam de aprovação de executivos de alto nível para qualquer exceção ao congelamento. As equipes de RH, responsável pelo processo de seleção, entrevista e contratação, também teriam sido ordenadas a reduzir as ofertas salariais em 30%.

Em outubro do ano passado, a Microsoft demitiu aproximadamente mil funcionários de diversas equipes, incluindo da divisão de jogos do Xbox, console de videogame que está liderando a batalha da nona geração de jogos eletrônicos.

Antes disso, em julho, a Microsoft anunciou que estava em seus planos demitir cerca de 1% dos seus 180 mil funcionários. Em agosto a gigante encerrou antecipadamente seus contratos com recrutadores e outras equipes de aquisição de talentos.

A gigante de tecnologia americana não está sozinha em suas rodadas de demissão em massa. Um novo estudo da plataforma Layoffs.fyi contabilizou quantos trabalhadores foram demitidos em 2022 e em 2023. Ao todo, 154.246 trabalhadores do setor tecnológico foram demitidos em 2022, por 1.023 empresas ao redor do mundo. Neste ano cerca de 24 mil funcionários da área já foram demitidos, uma média de 1.600 por dia.