Microsoft junta-se ao Google, Amazon e outros e cancela participação na CES

·1 min de leitura

Por Vishal Vivek

(Reuters) - A Microsoft informou que não participará da Consumer Electronics Show (CES) 2022, em Las Vegas, juntando-se a uma lista de empresas que optaram por não ter presença física no evento do próximo mês, preocupadas com a rápida disseminação da variante Ômicron do coronavírus.

A gigante norte-americana do software acrescentou que continuará a participar da CES remotamente, de acordo com um comunicado enviado por e-mail.

Várias outras empresas, incluindo a fabricante de automóveis General Motors, a Google e sua empresa de tecnologia automotiva autônoma Waymo, Meta, Twitter, Lenovo, AT&T e a Amazon cancelaram os planos de participação presencial no início desta semana.

Funcionários do CES disseram na quinta-feira que o evento ainda será realizado presencialmente de 5 a 8 de janeiro com "fortes medidas de segurança em vigor", que incluem requisitos de vacinação, mascaramento e disponibilidade de testes Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos