Microsoft ressuscitou e matou de novo o Clippy, antigo ajudante do Office

Rafael Arbulu

Pobre Clippy, não consegue um descanso: o ora odiado, ora celebrado, porém sempre relembrado assistente animado em formato de clipe de papel ficou famoso por sua ocupação — fosse para irritar ou agradar o usuário — em versões antigas do Microsoft Office, mas acabou caindo em desuso até ser irremediavelmente “demitido” após o lançamento do Windows XP em 2001.

Recentemente, porém, o seu retorno parecia viável: o Clippy apareceu novamente como um emoji listado nas páginas oficiais da Microsoft dentro do GitHub, sendo disponibilizado para funcionários baixarem-no para uso durante as conversas internas por meio do Microsoft Teams, a plataforma de comunicação corporativa da Microsoft.

Clippy, o famigerado assistente de versões antigas do Office, apareceu brevemente como um emoji do Microsoft Teams, mas a empresa já removeu o animado assistente (Imagem: Reprodução/The Verge)

Apareceu. E desapareceu logo em seguida. Aparentemente, o time responsável pelo branding da Microsoft não ficou nada feliz com o ressurgimento do famigerado assistente, pedindo pelo expurgo de sua presença no GitHub. Agora, a antropomórfica persona non grata está procurando recolocação. De novo.

“O Clippy vem tentando recuperar seu emprego desde 2001, e sua breve aparição no GitHub foi apenas mais uma de suas tentativas”, disse um porta-voz da Microsoft ao The Verge. “Apesar de nós apreciarmos o seu empenho, não temos planos de trazer o Clippy de volta ao Teams”, afirmou a empressa.

Mas talvez exista uma luz no fim do túnel: fãs do assistente abriram uma petição para trazer o assistente de feições otimistas ao Microsoft Teams de uma vez por todas. A Microsoft é conhecida por atender aos pedidos dos seus usuários, vide o exemplo dos incessantes pedidos por canais privados, função essa que a empresa vai incorporar ao Teams ainda em 2019.

Você torce pelo pequeno e notável Clippy? Ou prefere que ele continue no ostracismo?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: