Microsoft vai investir US$ 100 mil em centros de desenvolvimento na África

Natalie Rosa

A Microsoft deve investir mais de US$ 100 milhões, em um período de cinco anos, na abertura de centros de desenvolvimento na África. O plano envolve a participação de parceiros locais e governos, e a contratação de grandes talentos da engenharia.

Segundo a gigante da tecnologia, em comunicado oficial, os primeiros centros serão instalados nas cidades de Nairóbi, capital do Quênia, e Lagos, na Nigéria. Cerca de 100 desenvolvedores serão contratados em tempo integral nessas duas localidades até o fim de 2019, expandindo para 500 funcionários de desenvolvimento até o fim de 2023.

Rosemary Onyango, engenheira de software sênior do centro de desenvolvimento da Microsoft na África (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Engenheiros africanos serão contratados para trabalhar com serviços em nuvem que fazem o uso da inteligência artificial, além de aplicativos de realidade mista.

Recentemente, a companhia de Bill Gates abriu um data center da Azure na África do Sul, enquanto sua rival, Amazon e sua Amazon Web Services, também está abrindo um data center na África no próximo ano.

Além da Microsoft, a Amazon e a Huawei planejam expandir suas instalações no continente para aproveitar a crescente infraestrutua de telecomunicações, trabalhando em áreas como comércio eletrônico e pagamentos móveis.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: