Miguel Venerabile diz que se diverte como o Joca de 'Mar do sertão': 'Somos parecidos! A gente gosta de comer, é carinhoso...'

Miguel Venerabile, o carismático Joca da novela “Mar do Sertão”, soma uma nova experiência como ator mirim, agora no teatro. Ele estreia a peça “Brinquedos Consertados”, escrita pelo consagrado Domingos Oliveira (1936-2019), autor de sucessos como “Confissões de Adolescente”.

— Estou ansioso. Quando fui convidado, aceitei na mesma hora porque o Domingos é uma referência pra todo mundo — diz o garotinho de 9 anos.

Nascido em Niterói, Miguel destaca por que tem achado tão legal fazer seu personagem na trama das seis da Globo:

— Joca tem outro sotaque, é divertido e especial. E ele é parecido comigo! A gente é engraçado, gosta de comer, é carinhoso com a mãe e com o pai...

Já no palco, ele interpreta dois personagens, Paulinho e Gaspar. “Brinquedos Consertados”, adaptada para o teatro pela primeira vez em 1977, é influenciada por histórias do escritor Hans Christian Andersen. No espetáculo, Gepeto, dono de uma oficina de reparos, recebe em sua casa três brinquedos que fugiram da casa de Paulinho e pedem para serem consertados por ele. Gaspar, com melhores condições financeiras, os adotou, mas não sabia como ser um bom dono, o que causa uma nova fuga e eles voltam para a casa de Paulinho na noite de Natal.

Miguel estreou no teatro com apenas cinco anos idade na peça “Peter Pan”. Seu sonho sempre foi ser ator e as idas ao teatro eram costumeiras, já que seus pais sempre gostaram.

— Antes da pandemia, a gente sempre ia assistir a peças. Um dia, no final do espetáculo, eu falei: “mãe, eu quero estar lá em cima do palco’’. Na semana seguinte, eu já estava num curso de teatro — relembra.

A montagem, dirigida por Fernando Gomes, estreia neste sábado (5), no Teatro XP (Avenida Bartolomeu Mitre 110, Leblon), e segue até 27 de novembro, aos sábados e domingos, às 16h. Ingressos a R$ 35 (meia).