Mil velas são acesas em anfiteatro de Bauru (SP) em homenagem aos mortos pela Covid

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As arquibancadas do anfiteatro do parque Vitória Régia, em Bauru (SP), foram ocupadas nesta sexta-feira (25) por 1.000 velas em homenagem aos mortos pela Covid-19 na cidade.

O ato, realizado pela Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo), também homenageou as mais de 500 mil pessoas mortas pela doença no país.

"Nesta semana chegamos ao absurdo de mais de mil pessoas mortas por Covid em Bauru e mais de 500 mil no Brasil. Não são apenas números, são vidas", diz o manifesto do sindicato.

Para a Apeoesp, é preciso exigir dos governos (municipais, estaduais e federal) a tomada de medidas urgentes para que outras vidas não sejam perdidas.

Nas redes sociais, o vídeo da homenagem no anfiteatro tem como triha sonora uma canção que fala sobre "as vidas apagadas como se fossem nada". Tatiana Calmon, que canta a música, é viúva do sindicalista Roque Ferreira, morto pela Covid em setembro do ano passado.

Nos momentos em que o o governo estadual de São Paulo impôs uma série de restrições para tentar conter o coronavírus, Bauru chamou a atenção pela postura anti-isolamento adotada pela prefeita Suéllen Rosim (Patriota).

Em março, quando a cidade de 380 mil habitantes, a 330 km de São Paulo, vivia uma das situações mais graves da Covid no estado, a prefeita defendia a reabertura do comércio, com apoio dos empresários e comerciantes locais.

A prefeitura tentou duas vezes ignorar o Plano São Paulo, permitindo o funcionamento de serviços e comércio. A Câmara Municipal chegou a aprovar uma lei municipal designando bares e restaurantes como serviços essenciais. Em ambos os casos, foi preciso recuar por decisões judiciais.

A prefeita compartilhou vídeo de uma carreata em defesa da reabertura, participou de um evento com o empresário bolsonarista Luciano Hang em defesa da reabertura e cantou num culto da igreja evangélica que frequenta em que não havia distanciamento entre os fiéis.

Realizada em fevereiro, a manifestação liderada por Hang em defesa da abertura do comércio teve como cenário o estacionamento de uma loja de sua rede Havan. Entre os presentes estava o senador Major Olímpio (PSL-SP), morto um mês depois do evento, vítima da Covid.

Nesta sexta, Bauru registrou taxa de ocupação de 103% nos leitos públicos de UTI disponíveis para o tratamento da doença. Além disso, há muitos relatos sobre as dificuldades de atendimento nas unidades de saúde. Desde o início da pandemia, 50.713 casos da Covid foram confirmados na cidade e 1.036 pessoas morreram.

"Não estamos de braços cruzados", disse a prefeita em vídeo divulgado esta semana. "Pegamos uma prefeitura cheia de grandes desafios e a saúde era uma delas. Administrar isso na pandemia tem sido desafiador".

O Brasil registrou 1.990 mortes pela Covid-19 nesta sexta-feira e chegou a 511.272 vidas perdidas para a doença desde o início da pandemia. O país também registrou 79.366 novos casos de Covid, chegando 18.322.757 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos