'Milagre' nas torneiras: moradores recebem vinho em vez de água no norte da Itália

Água com gosto de barro? Geosmina? Não para os moradores de Settecani, uma pequena cidade nos arredores de Castelvetro, na província de Modena, no norte da Itália. Nesta quarta-feira, eles se depararam com uma surpresa: ao abrir as torneiras, recebiam vinho tinto em vez de água.

"Este é o sonho de todos nós, fãs de Lambrusco: vinho que sai da torneira. As magias de Castelvetro, uma das mais belas aldeias da Itália", diz o tuíte.

Ao contrário do que parece, porém, não se trata de um milagre. O problema inusitado decorreu de um acidente no reservatório do vinho Lambrusco Grasparossa. De acordo com o prefeito de Settecani, uma falha em uma válvula do tanque, associado ao encanamento de água para fins de higienização, provocou o vazamento da bebida a partir de uma vinícola da região.

"Parte do vinho foi parar nos canos que atendem as residências. Um processo de engarrafamento do Lambrusco estava em andamento, mas houve um problema com uma torneira, conectada ao aqueduto, que geralmente é usada para deixar a água entrar na lavagem do contêiner", explicou Fabio Franceschini à agência de notícias italiana ANSA.

A partir daí, toda a bebida que vazou entrou acidentalmente nos canos que distribuem água para as residências da região. Em comunicado no Facebook, a prefeitura garantiu que a falha foi resolvida imediatamente e que a companhia de água Hera foi notificada.

"Eu acho que os cidadãos riram muito da situação. Certamente não é algo que acontece todos os dias", disse o prefeito à ANSA, comentando a grande repercussão do caso nas redes sociais.