Milan tem Douglas Luiz, ex-Vasco, como "plano B" de alvo no meio-campo, segundo jornal

Em meio a demora por negociações do Milan após a troca de donos, e a consequente renovação de contrato de seus diretores esportivos, o lendário Paolo Maldini, e Frederic Massara, o clube rossonero trabalha com a possibilidade de perder seu principal alvo no meio-campo, o português Renato Sanches, e segundo a Gazzetta dello Sport, tem nova ideia: o brasileiro Douglas Luiz, do Aston Villa-ING, de 24 anos.

O clube milanista tinha como alvo principal o meia português, porém, segundo o jornal, trabalha com a possibilidade de ver acontecer com Renato Sanches o mesmo que ocorreu com o zagueiro Botman, que se transferiu para o Newcastle-ING após receber uma oferta de salário maior, mesmo com os rossoneri o cortejando há pouco mais de 7 meses. O periódico revela que o PSG-FRA fez uma oferta salarial maior por Sanches que o Milan-ITA, de cerca de 6 milhões de euros (cerca de R$ 33 milhões) por temporada, enquanto o time italiano ofereceu 1,5 milhão de euros (cerca R$ 8,33 milhões) a menos.

Em meio a alta salarial de Sanches, a bola da vez é o meia brasileiro Douglas Luiz, avaliado em cerca de 30 milhões de euros (cerca de R$ 166 milhões), segundo o jornal, que avalia que a necessidade de contratação para a posição, uma vez que Bakayoko não será contratado pelo Chelsea-ING. Além disso, o ex-vascaíno está em seu último ano de contrato pela equipe inglesa, o que poderia dar sinal verde a uma negociação.

O brasileiro tem 24 anos de idade, foi formado nas categorias de base do Vasco, de onde subiu para os profissionais, e se transferiu em 2017, inicialmente para o Manchester City-ING, por onde não atuou, e foi emprestado para o Girona-ESP, e posteriormente vendido ao Aston Villa-ING em 2019, clube onde permanece até a atualidade. Como ficou dos 15 aos 19 anos na equipe cruzmaltina, uma hipotética negociação daria 2,25% de mecanismo de solidariedade ao time da Colina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos