Milhares de etíopes fugindo do conflito se refugiaram no Sudão

·1 minuto de leitura
Membros da milícia amhara, que lutam ao lado do exército etíope contra as forças de segurança de Tigré, na cidade etíope de Gondar, 8 de novembro de 2020
Membros da milícia amhara, que lutam ao lado do exército etíope contra as forças de segurança de Tigré, na cidade etíope de Gondar, 8 de novembro de 2020

Milhares de etíopes, incluindo soldados que fogem dos combates na região dissidente de Tigré (norte da Etiópia) cruzaram a fronteira ocidental com o Sudão - disse uma autoridade sudanesa nesta terça-feira (10). 

"Os refugiados continuam chegando, a situação está mudando a cada hora", declarou à AFP Alsir Khaled, diretor da agência de refugiados sudaneses na cidade fronteiriça de Kassala.

Desde segunda-feira, "mil etíopes cruzaram a fronteira e chegaram à região sudanesa de Hamdait, na governadoria de Kassala. Neste momento, estamos registrando as chegadas", explicou.

"Ontem chegaram 500 pessoas à governadoria de Gadaref, entre elas soldados", indicou a mesma fonte, sem especificar se pertenciam ao Exército de Addis Abeba, ou se eram de Tigré.

Além da assistência coletiva prestada pela população e pelas autoridades locais, estas também abriram um centro próximo à fronteira para receber os requerentes de asilo, "antes de enviá-los para o acampamento de refugiados de Chajrab, na região de Kassala", acrescentou Khaled.

Mas "isso está além da capacidade das autoridades (...) e até agora as organizações internacionais ainda não deram apoio" aos esforços sudaneses, ressaltou. 

Tigré é uma região dissidente no norte da Etiópia, onde Addis Abeba lidera uma operação militar em grande escala desde 4 de novembro.

O primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, Prêmio Nobel da Paz 2019, lançou esta operação contra as autoridades da região dissidente de Tigré (norte). Ele as acusa de terem atacado duas bases do Exército federal.

A Força Aérea etíope lançou vários ataques às posições dos dissidentes, enquanto no terreno combates envolvendo artilharia pesada foram relatados, especialmente na parte oeste da região de Tigré.

ab/hha/hj/mr/tt