Milhares ficam desabrigados por chuvas incessantes na Malásia

·1 min de leitura

Por Rozanna Latiff e Nur-Azna Sanusi

KUALA LUMPUR (Reuters) - Milhares de pessoas na Malásia ficaram desabrigadas por enchentes após chuvas constantes desde a manhã de sexta-feira, disseram autoridades neste sábado.

Oito dos 16 Estados e territórios federais do país viram os níveis das águas subirem a patamares perigosos, de acordo com um site do governo que acompanha a evolução das enchentes.

Em Selangor, o Estado mais rico do país ao redor da capital Kuala Lumpur, mais de 3.000 pessoas foram levadas para abrigos temporários, disse o ministro-chefe do Estado, Amirudin Shari, em comunicado.

A chuva no Estado foi mais do que o dobro do nível mais alto registrado anteriormente, e os níveis de inundação chegaram a 4,5 metros nas áreas afetadas, disse Amirudin, sem dizer quando o recorde anterior foi estabelecido.

O corpo de bombeiros estadual encontrou 3.786 vítimas das enchentes nos distritos de Klang, Kuala Langat e Sepang à tarde, disse seu chefe, Norazam Khamis, à Reuters.

O departamento meteorológico alertou que as fortes chuvas em Selangor e vários Estados do país continuarão até domingo.

(Por Rozanna Latiff e Nur-Azna Sanusi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos