Milhares ignoram recomendações em festa de formatura da PUC-SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Milhares de pessoas participaram da festa de formatura do curso de Direito da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) neste sábado (14), em meio à pandemia do novo coronavírus.

A empresa AGF360, que organizou o evento, decidiu mantê-lo mesmo depois que a Prefeitura de São Paulo e o governo do estado o cancelamento de eventos públicos e recomendaram que o setor privado fizesse o mesmo, para evitar aglomerações de pessoas.

Alguns jovens usaram máscaras durante a festa, mas, em geral, as deixavam penduradas sob o queixo para beber e falar livremente. Na página do evento no Facebook, mais de 5 mil pessoas confirmaram presença ou indicaram que tinham interesse em comparecer.

Havia álcool gel nos banheiros e um único frasco no salão do baile, na mesa em que eram oferecidos aperitivos. No bar, os funcionários tinham álcool para lavar as mãos, mas não havia nenhum cuidado especial com copos e utensílios usados no preparo das bebidas.

Os organizadores da festa, que divulgaram na internet as recomendações das autoridades na sexta-feira (13), ignoraram o assunto no dia do evento. Não havia nenhuma orientação no local e ninguém falou do assunto no palco onde grupos musicais se revezaram durante a noite.