Ex-ministro britânico contribuiu pouco para relações bilaterais, diz Rússia

Moscou, 10 jul (EFE).- O governo da Rússia tachou nesta terça-feira de "muito, mas muito modesta" a contribuição do ministro demissionário de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, ao desenvolvimento das relações entre Moscou e Londres.

"Só podemos avaliar os ministros de outros países em função de sua contribuição para o desenvolvimento das relações com a Rússia. Infelizmente, a contribuição de Boris Johnson ao desenvolvimento dos laços britânico-russos foi muito, mas muito modesta, para não dizer outra coisa", declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Johnson anunciou ontem sua renúncia ao cargo de ministro das Relações Exteriores do Reino Unido. Durante a sua permanência na pasta, o ex-prefeito de Londres foi um dos maiores defensores da linha dura com Moscou na política externa britânica.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, opinou ontem que a renúncia de Johnson é parte de uma grande crise no seio do governo britânico e insinuou que estaria relacionada com os casos de envenenamento no sul da Inglaterra, dos quais Londres acusa a Rússia de responsabilidade. EFE