Milhares de manifestantes exigem demissão de presidente do Peru

Milhares de pessoas marcharam, este sábado, pelo centro histórico de Lima, para exigir a demissão de Pedro Castillo, presidente do Peru, que está a ser investigado por corrupção.

Os manifestantes foram bloqueados pela polícia de choque, que recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar a multidão, quando se encontrava a cerca de 100 metros do parlamento.

O Presidente, de esquerda, já sobreviveu a duas tentativas de destituição, pedidas pelo parlamento da oposição de direita e enfrenta seis investigações de corrupção contra si, familiares e aliados políticos próximos.

O antigo professor, de 53 anos, negou qualquer ato ilícito e disse ser vítima de uma campanha para o afastar do poder.