Milhares participam da maior greve ferroviária do Reino Unido em 30 anos

Greve de trabalhadores ferroviários do Reino Unido em Preston

Por Kylie MacLellan e Farouq Suleiman

LONDRES (Reuters) - Dezenas de milhares de trabalhadores iniciaram, nesta terça-feira, o primeiro dia da maior greve ferroviária do Reino Unido em 30 anos, com passageiros enfrentando um caos, enquanto sindicatos e governo prometeram se manter firmes em suas posições sobre pagamentos.

Alguns dos mais de 40.000 funcionários ferroviários que programaram greve para terça, quinta e sábado se reuniram desde o amanhecer, causando grandes interrupções em toda a rede e deixando as principais estações desertas. O metrô de Londres também foi fechado devido a uma greve separada.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, sob pressão para fazer mais para ajudar os britânicos que enfrentam a crise econômica mais difícil em décadas, afirmou que a greve prejudicaria as empresas que ainda se recuperam da Covid.

Os sindicatos disseram que as greves ferroviárias podem marcar o início de um "verão de descontentamento" com professores, médicos, trabalhadores de coleta de lixo e até mesmo advogados, no momento em que a inflação chega a 10%.

"O trabalhador britânico precisa de um aumento salarial", disse Mick Lynch, secretário-geral dos Trabalhadores Ferroviários, Marítimos e de Transporte, à Sky News. "Eles precisam de segurança no emprego e condições decentes."

Durante a hora do rush da manhã, as vias estavam mais movimentadas do que o normal com carros, bicicletas e pedestres. Funcionários de hospital disseram que alguns colegas dormiram no trabalho durante a noite para manter os cuidados.

Johnson disse a seu gabinete que as greves são "erradas e desnecessárias" e que sua mensagem ao país é de que eles precisam estar prontos para "manter o curso", pois as melhorias na maneira como as ferrovias são operadas são do interesse da população.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos