Milhares de pessoas na tomada de posse de Lula da Silva

Milhares de pessoas na tomada de posse de Lula da Silva

Milhares de pessoas convergem há vários dias para a capital do Brasil, para assistirem à tomada de posse do novo presidente, Luís Inácio Lula da Silva.

Muitos montaram tendas em parques de campismo improvisados, como um Pavilhão de Exposições em Brasília, preparado para albergar cerca de 18.000 pessoas.

Herval Nogueira Júnior pedalou mais de 1300 quilómetros para chegar à cidade e diz, com satisfação: "(....) é a comemoração desta vitória, que não foi só a vitória de Lula, mas a vitória do povo brasileiro, que já estava saturado com o descaso desumano, a atitude negacionista de um governo despreparado para a correção humanista e ambiental".

Humanismo e defesa do ambiente são as grandes apostas de Lula, que toma posse pela terceira vez, e apresentou o seu governo esta semana, com a ativista ambiental, Marina Silva, como ministra do Ambiente e Sónia Guajajara como ministra dos Povos Indígenas do Brasil.

Esta é a primeira vez que um governo brasileiro dedica uma pasta e nomeia um ministro para as questões dos povos indígenas.

O anúncio indica que a nova administração terá como prioridade o fim do abate ilegal da floresta.

Lula da Silva traz muitas mudanças e até a tomada de posse será diferente; sem a presença do presidente cessante, Jair Bolsonaro, que fugiu para os Estados Unidos, há dois dias.

A imprensa brasileira diz que está hospedado num resort de Donald Trump, na Florida.