Milhares protestam contra "lei russa" na Geórgia

Milhares de pessoas juntaram-se em frente ao Parlamento da Geórgia para se manifestarem contra o que chamaram de "Lei russa". Em causa está um projeto de lei sobre os agentes estrangeiros, semelhante ao decretado por Vladimir Putin na Rússia.

Os manifestantes temem que o documento comprometa a proposta de entrada na União Europeia mas o partido no poder garante que não há motivo para preocupação.

Para dizer de forma simples e clara, é um assalto à liberdade. Não atinge apenas algumas organizações não-governamentais ou meios de comunicação social, é um assalto a todas as forças livres neste país.

O projeto de lei pretende obrigar pessoas e organizações com rendimentos fora do país a registarem-se como "agentes de influência estrangeira", estando por isso sujeitas a uma monitorização constante das autoridades da Geórgia.

Apesar das garantias do governo, a comunidade internacional partilha as preocupações dos manifestantes e teme pelas relações da Geórgia com o eixo euro-atlântico.