Miliciano é preso escondido na casa de namorada em Bangu, na Zona Oeste do Rio

·1 min de leitura

Policiais da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (Polinter) prenderam, na manhã desta quarta-feira, o miliciano, João Paulo de Castro Pereira, de 31 anos, conhecido como JP da Carobinha. Ele foi capturado escondido na casa de uma namorada em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Segundo investigações da Polícia Civil, JP é um dos chefes da milícia da Carobinha, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, e tem ligação com Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho, irmão de Wellington da Silva Braga, o Ecko.

Ecko foi morto em operação da Polícia Civil em junho deste ano e Zinho assumiu o comando da quadrilha.

JP é acusado de ter executado um homem na Carobinha por suspeitas de que ele cometia furtos e roubos na região. O crime foi cometido na frente de moradores. JP responde a processo pelo assassinato.

Os integrantes da milícia da Carobinha são investigados por extorquirem dinheiro de moradores de comerciantes, por tomarem terrenos privados, além de cometerem outros assassinatos. Eles ainda são suspeitos de parcelamento irregular de solo urbano para construção de imóveis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos