Milícias crescem 387% no Rio de Janeiro, diz instituto

Milícias crescem 387% no Rio de Janeiro, diz instituto. Foto: Getty Images.
Milícias crescem 387% no Rio de Janeiro, diz instituto. Foto: Getty Images.
  • Comando Vermelho é a maior facção do estado;

  • A Baixada Fluminense concentra a maior fatia das conquistas pelo Comando Vermelho;

  • Estudo também mostra que o avanço das milícias acontece em meio a movimentações das políticas de segurança pública no estado.

As milícias cresceram 387% em 16 anos no Rio de Janeiro, ocupando quase metade dos territórios que são tomados por grupos armados no estado. É o que mostra o relatório do Instituto Fogo Cruzado lançado nesta terça-feira (13). Os dados foram apurados em conjunto com o Grupo de Estudos de Novos Ilegalismos da Universidade Federal Fluminense (Geni/UFF).

O Comando Vermelho é a maior facção do estado: a população é de 2.042.780 habitantes. O Terceiro Comando Puro (TCP) e a Amigo Dos Amigos (ADA) são os dois outros maiores grupos armados no Rio.

Segundo o mapa do Fogo Cruzado, "a Baixada Fluminense concentra a maior fatia das conquistas pelo Comando Vermelho. Ao todo, 63,1% dos 89.38 km² de expansão total do CV foram conquistados".

O estudo também mostra que o avanço das milícias acontece em meio a movimentações das políticas de segurança pública no estado, como a instalação das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), a extinção da Secretaria de Segurança Pública, a CPI das Milícia, puxada pelo então deputado estadual Marcelo Freixo em 2008, além de crise socioeconômica local.

Outro destaque do levantamento mostra que os grupos armados cresceram em meio a mortes de lideranças das milícias, como Carlinhos Três Pontes, Carlos Alexandre da Silva Braga, e a ascensão de seu irmão, Wellington da Silva Braga – o Ecko – como liderança da Liga da Justiça.

As milícias controlam 74,2% das áreas ocupadas por grupos armados na capital. 29,8% da cidade do Rio de Janeiro hoje é dominada por algum grupo armado. 3 em cada 4 áreas controladas por criminosos no município está sob o domínio da milícia.

Para o levantamento, foram analisadas mais de 689.933 mil denúncias coletadas através do Disque Denúncia que mencionavam milícias ou tráfico de drogas entre 2006 e 2021.