Militantes bolsonaristas começam a entrar em convenção que confirmará candidatura de Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Faltando poucos minutos para o horário previsto para a abertura dos portões, militantes bolsonaristas começaram a entrar no Maracanãzinho, no Rio, onde acontece neste domingo (dia 22) a convenção partidária que vai confirmar a candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

Os apoiadores começaram a se concentrar no entorno do complexo esportivo ainda no início da manhã. Por volta das 9h, longas filas ainda se formam nos dois acessos ao ginásio, por onde os militantes passam por revista e detector de metais.

A previsão é que Bolsonaro discurse às 11h22, em referência ao número do partido, o PL. Vestindo verde e amarelo e carregando bandeiras do Brasil, da bandeira brasileira, como já é de praxe, militantes chegam a pé, de carro e também de ônibus. Há manifestações contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Carregando um auto falante, um bolsonarista diz que “representantes do crime organizado estão sentados no STF”, acompanhado em coro pelo público.

Pelo menos 11 viaturas da Polícia Militar estão posicionadas no entorno do ginásio - 7 delas do Batalhão de Controle de Multidão (Recom).

No início da semana, opositores de Bolsonaro passaram a incentivar nas redes sociais a retirada de ingressos com a intenção de esgotar os convites, para que os partidários de fato do presidente não conseguissem participar do evento. Na quarta feira, o PL afirmou ter cancelado quase 40 mil das 50 mil inscrições feitas para o evento.

Após a temática de boicote, o PL voltou atrás e decidiu que não vai mais cobrar a apresentação das entradas retiradas num site especializado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos