Militares acompanham manifestações discretamente

BRASILIA, DF,  BRASIL,  06-09-2021, 23h00: Após furarem o bloqueio da Polícia e invadirem a Esplanada dos Ministérios com carros e caminhões, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ficam em frente ao último bloqueio da polícia antes da praça dos Três Poderes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASILIA, DF, BRASIL, 06-09-2021, 23h00: Após furarem o bloqueio da Polícia e invadirem a Esplanada dos Ministérios com carros e caminhões, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ficam em frente ao último bloqueio da polícia antes da praça dos Três Poderes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRES) - Com o aparato de segurança reforçado pela Polícia Militar no Distrito Federal e em São Paulo, os comandos militares locais acompanham na retaguarda os movimentos do 7 de Setembro, buscando discrição devido à sua óbvia exposição pela associação entre fardados e o governo de Jair Bolsonaro.

Na sexta (3), emissários do Comando Militar do Planalto procuraram empresários de comunicação em Brasília para reafirmar que não haverá apoio a quaisquer avanços autoritários do presidente que saiam do que eles chama de arroubos retóricos).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos