Minério de ferro e aço se recuperam na China com alívio de temores alimentados por Covid-19

Minério de ferro

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro e de aço na China subiram nesta quarta-feira depois de caírem por dois dias consecutivos, conforme diminuíram as preocupações alimentadas pelo surto de Covid-19.

Os futuros de minério de ferro de referência na Bolsa de Dalian tinham caído mais de 8% nesta semana até terça-feira, enquanto o vergalhão na Bolsa de Futuros de Xangai perdeu cerca de 3% por temores de demanda lenta devido a surtos recorrentes de Covid-19 na China.

"O sentimento de pânico foi aliviado e o setor ferroso está retornando aos fundamentos", escreveu a Galaxy Futures em nota, acrescentando que as transações no mercado spot de minério de ferro estão se recuperando e ainda há uma demanda de reposição de estoque.

O contrato de minério de ferro mais ativo para entrega em setembro chegaram a subir até 3,5%, para 834 iuanes (127,19 dólares) a tonelada, na sessão da manhã. Eles terminaram em alta de 2,6%, a 827 iuanes.

Os preços spot do minério de ferro com 62% de teor de ferro para entrega à China ficaram em 139,5 dólares a tonelada nesta quarta-feira, estáveis ante a sessão anterior, segundo a consultoria SteelHome.

Os preços do aço também se recuperaram depois que o presidente chinês Xi Jinping prometeu intensificar obras de infraestrutura para impulsionar a demanda doméstica e alavancar o crescimento econômico.

O vergalhão de aço para entrega em outubro ganhou 1%, para 4.864 iuanes por tonelada. As bobinas laminadas a quente, usadas no setor manufatureiro, avançaram 0,8%, para 4.948 iuanes por tonelada.

Os futuros de aço inoxidável de Xangai para entrega em junho caíram 0,2%, para 816 iuanes por tonelada.

(Por Min Zhang em Pequim e Enrico Dela Cruz em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos