Minas multa e afasta Maurício Souza por postagens homofóbicas

·2 min de leitura
TOKYO, JAPAN - AUGUST 03: Luiz de Souza Mauricio #13 of Team Brazil strikes against Team Japan during the Men's Quarterfinals volleyball on day eleven of the Tokyo 2020 Olympic Games at Ariake Arena on August 03, 2021 in Tokyo, Japan. (Photo by Toru Hanai/Getty Images)
Maurício Souza em ação pela seleção brasileira nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Toru Hanai/Getty Images)

O Minas Tênis Clube multou e afastou o central Maurício Souza nesta terça (26) por causa de postagens homofóbicas do atleta em suas redes sociais. Para ser reintegrado ao elenco, ele precisará se retratar publicamente.

A decisão do Minas vem no mesmo dia em que as duas principais patrocinadoras da equipe masculina, Fiat e Gerdau, afirmarem que estavam acompanhando os acontecimentos e que pediam as "medidas cabíveis" por parte do clube.

Leia também:

Em uma reunião entre o clube e os patrocinadores, as partes chegaram a citar a possibilidade de rescindir o contrato de Maurício, mas avaliaram que era melhor afastá-lo por tempo indeterminado.

Segundo o UOL, os jogadores do Minas teriam assinado uma carta defendendo Maurício e a liberdade de expressão. Mas pouco tempo depois da veiculação da matéria, o líbero Maique, que é homossexual, postou nas redes sociais que não tinha assinado nada e que tinha deixado sua posição clara. 

Primeira manifestação do Minas veio duas semanas após post 

Duas semanas após o post de Mauricio Souza criticando o novo Super-Homem, da DC Comics, que assume ser bissexual, o Minas se pronunciou oficialmente nesta segunda (25).

"O clube é apartidário, apolítico e preocupa-se com inclusão, diversidade e demais causas sociais. Não aceitamos manifestações homofóbicas, racistas ou qualquer manifestação que fira a lei", afirmou, em nota.

O clube disse estar ciente das postagens do atleta. Apontou que os jogadores têm liberdade para se expressar livremente, mas fez uma ressalva.

"A agremiação salienta que as opiniões do jogador não representam as crenças da instituição sociodesportiva. O Minas Tênis Clube pondera que já conversou com o atleta e tem orientado internamente sobre o assunto", conclui o Minas.

* Com informações da Folhapress

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos