Minhocão ganha dois novos espaços de descanso

·2 min de leitura
SÃO PAULO, SP, 19.12.2021 - MINHOCÃO-SP: Novas arquibancadas e lugares de descanso foram colocados no Minhocão, na região central de São Paulo, neste domingo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 19.12.2021 - MINHOCÃO-SP: Novas arquibancadas e lugares de descanso foram colocados no Minhocão, na região central de São Paulo, neste domingo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo instalou neste sábado (18) mais dois espaços de descanso sobre o elevado João Goulart, o Minhocão (região central). São bancos e tablados que servem para pedestres e ciclistas repousarem entre em uma atividade e outra na via, que fica fechada para os veículos durante os fins de semana e feriados.

Em maio, a administração municipal já havia instalado duas dessas estações de descanso. Uma delas sobre a rua Amaral Gurgel e outra sobre a praça Marechal Deodoro, ambas marcadas com a cor vermelha. As novas ficam nas proximidades da rua General Jardim (com a cor amarela) e da avenida Pacaembu (verde).

Segundo a prefeitura, a ampliação do mobiliário tático, como é chamado o material, custou R$ 803,8 mil, com recursos do Fundurb (Fundo de Desenvolvimento Urbano). Além de tablados, foram instalados quatro bancos e mais quatro arquibancadas.

A administração municipal não pretende encerrar o projeto com apenas quatro estações de descanso. Outras mais estão previstas já para o começo de 2022. Segundo a prefeitura, a iniciativa faz parte da valorização dos espaços de convivência ao ar livre, algo entendido dentro do contexto da pandemia de coronavírus.

Desde o início de dezembro, o elevado está aberto aos sábados, domingos e feriados das 7h às 22h --usuários do espaço ganharam mais três horas para passear. Durante a semana, de segunda a sexta, o Minhocão fica aberto das 20h às 22h.

A implementação do mobiliário começou em maio, por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento e SPTuris (São Paulo Turismo).

Segundo a administração municipal, os locais foram escolhidos por serem áreas movimentadas e com poucas opções para quem pretende descansar.

Além do mobiliário, foram instalados dois acessos de pedestres, gradis de segurança e portões para controlar a entrada.

A prefeitura diz que os frequentadores devem seguir as recomendações para evitar aglomeração, além de usar máscara, o que é obrigatório na cidade inteira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos