Ministério da Economia abre processo seletivo com até 300 vagas

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 25.06.2021 - O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 25.06.2021 - O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Ministério da Economia abriu um processo seletivo que permite a contratação de até 300 funcionários por tempo determinado. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União e dispõe 185 vagas para nível superior e outras 115 de nível médio.

O edital com a abertura para as inscrições tem um prazo máximo de 6 meses e com valores salariais a serem definidos. As contratações serão para o Decipex (Departamento de Centralização de Inativos, Pensionistas e Órgãos Extintos).

Os trabalhos serão relativos a centralização de serviços de inativos e pensionistas de órgãos federais, em especial em casos de compensação previdenciária e atividades administrativas.

As vagas estão distribuídas em três funções. 40 são para analista de negócio (nível superior), 145 são de analista técnico de demandas previdenciárias, judiciais e de controle (nível superior) e 115 são para atuar como técnico em atividades previdenciárias e de apoio (nível médio).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos