Ministério da Saúde recebe 3,9 milhões de doses da vacina da AstraZeneca por meio de convênio com OMS

O Globo
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — O Ministério da Saúde recebeu neste fim de semana 3,9 milhões de doses da vacina da Oxford/AstraZeneca, disponibilizadas pelo Consórcio Covax Facility, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os lotes começaram a chegar no sábado e a última remessa, com 2 milhões de imunizantes, desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, no fim da ltarde deste domingo.

Essas vacinas serão distribuídas para municípios de todos os estados do Brasil, de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PMI). O ministério não informou como será a divisão.

Segundo o governo federal, o contrato do Ministério da Saúde com o consórcio global Covax Facility prevê o envio de 42,5 milhões de doses de imunizantes até o fim de 2021. Além dos 3,9 milhões recebidos neste fim de semana, pouco mais de 1 milhão de doses haviam sido entregues em 23 de março.

Os imunizantes foram fabricados pela multinacional Catalent, na Coreia do Sul. A Covax é uma coalização global, coordenada pela OMS, que prevê a venda de imunizantes para países em desenvolvimento.

Ao acompanhar o desembarque do carregamento, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a dizer que o governo está trabalhando para imunizar toda a população brasileira até o final do ano.