Ministério da Saúde recebe grupo contrário à vacinação infantil

·2 min de leitura

BRASÍLIA — Antes de abrir consulta pública sobre vacinação de crianças contra Covid-19, o Ministério da Saúde realizou uma reunião com secretários da pasta e pessoas contrárias à imunização infantil. O encontro consta na agenda da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid).

Na ocasião, estavam presentes a secretária Mayra Pinheiro, conhecida como "capitã cloroquina" e Hélio Angotti Neto, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do órgão, indiciado pela CPI da Covid por epidemia com resultado morte.

Quatro nomes de fora do Ministério foram convidados para participar da reunião. Bruno Campello e Ellen Gonçalves Guimarães estavam na Comitiva da pasta para promover o aplicativo TrateCov, que indicava Cloroquina como tratamento da Covid até para crianças. O medicamento, no entanto, não tem eficácia comprovada para doença.

Também marcaram presença, Edimilson Ramos Migowski e Roberta Lacerda Almeida. Ambos assinaram o documento enviado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) contrário à vacinação infantil.

A Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid), do Ministério da Saúde (MS), publicou nesta quarta-feira a consulta pública a respeito da vacinação de crianças de 5 a 11 anos de idade contra a Covid-19. O processo foi divulgado no Diário Oficial da União (DOU) e irá acontecer no período de 23 de dezembro de 2021 a 2 de janeiro de 2022.

Segundo o órgão, o processo auxiliará para a “manifestação da sociedade civil a respeito da vacinação contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade” e “para que sejam apresentadas contribuições, devidamente fundamentadas”.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já havia afirmado que a pasta iria consultar a opinião da população e analisar documentos técnicos para decidir sobre a vacinação em crianças. Na terça-feira, Queiroga questionou qual o problema em realizar uma consulta pública após a decisão ter sido alvo de críticas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos