Ministério da Saúde reduz em até 12 milhões previsão de vacinas para junho

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA – A previsão de doses de vacinas contra Covid-19 a serem distribuídas pelo Ministério da Saúde em junho aos estados foi reduzida em 10,3 milhões, segundo informou secretário-executivo do Ministério da Saúde , Rodrigo Cruz. Este número, no entanto é de 12,5 milhões de acordo com a projeção publicada nesta terça-feira no site do ministério.

A redução é justificada devido ao atraso na produção pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) da vacina da AstraZeneca. Em audiência na Comissão de Fiscalização e controle da Câmara, secretário-executivo detalhou a previsão de 41, 9 milhões de doses em junho: 20,9 milhões da AstraZeneca, 12 milhões da Pfizer, 4 milhões da AstraZeneca do consócio Covax Facility e 5 milhões da CoronaVac.

Na projeção do ministério do dia 19 de maio, a previsão era de 52 milhões de doses em junho. A nova projeção divulgada hoje no site da pasta não contabiliza para o mês as dose do imunizante do consócio Covax Facility, que está "a definir".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos