Ministério faz concurso de máscara para crianças, e prêmio é tarde com Damares e Michelle Bolsonaro

Ministra Damares usa uma máscara de 'Mulher-Aranha" ao explicar o concurso para crianças no Brasil

Em meio ao crescimento da pandemia do coronavírus no Brasil, que já matou 17.971 pessoas até o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, na terça-feira, dia 19, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos resolveu criar um concurso para escolher "as melhores máscaras de proteção criadas por crianças".

Serão quatro vencedores. O prêmio? Passar uma tarde com a ministra da pasta, Damares Alves, e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, no Palácio do Planalto.

Leia também:

Qualquer criança até 12 anos incompletos podem participar da disputa, que terá duas categorias, segundo o edital. Com isso, um ganhador de outro estado vai viajar para Brasília (DF) às custas do governo federal, algo que a ministra exalta, de uma forma bem feliz, em um vídeo publicado em suas redes sociais, nesta terça-feira.

Além de festejar uma possível viagem de uma criança de avião, Damares explica algumas regras para a participação das crianças e até surpreende ao fazer graça ao apresentar algumas das máscaras de proteção, que são obrigatórias para evitar a infecção de Covid-19.

Durante o vídeo, Damares exibe as máscaras que usa diariamente, uma delas de "Mulher-Aranha", em alusão ao famoso personagem dos quadrinhos "Homem-Aranha". Em janeiro de 2019, quando tomou posse da sua pasta, a ministra criou uma grande polêmica com a frase: "Atenção, atenção. É uma nova era no Brasil. Menino veste azul e menina veste rosa".

"Vocês estão se protegendo? Estão lavando as mãos? Estão usando máscaras? Porque eu estou usando todos os dias e as minhas máscaras são muito engraçadas. Eu tenho uma da boca alegre e todo mundo dá risada. Mas eu tenho uma da Mulher-Aranha, porque não tem só Homem-Aranha, não. Também tenho uma máscara incrível, da Mulher-Cobra, uma chique, que brilha", comenta no vídeo.

O edital do concurso está disponível no site do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. As inscrições começaram no dia 18 e vão até 29 de maio. O resultado será divulgado no dia 10 de junho. No entanto, não cita a data que o o encontro entre os premiados com a primeira-dama e a ministra irá acontecer.

Segundo o edital, as crianças autoras das práticas vencedoras vão a Brasília, juntamente com um acompanhante adulto, para um encontro com a em data a ser agendada, "tão logo os encontros presenciais sejam permitidos pelas autoridades sanitárias".

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.