Ministério faz parceria para qualificar 270 mil mulheres

·1 minuto de leitura

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) lançou, hoje (15), uma parceria com a Associação Aliança Empreendedora para oferecer 270 mil vagas grátis para a qualificação de mulheres em vulnerabilidade social. Estão previstas 10 mil vagas em cada estado.

Serão oferecidos cursos gratuitos de educação financeira, marketing digital, inovação em tempos de crise, formação de mulheres empreendedoras, entre outros.

A iniciativa faz parte do Projeto Qualifica Mulher, que tem investimento de R$ 36 milhões, e objetiva auxiliar na autonomia econômica do público feminino. De acordo com a secretária Nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto, o oferecimento das vagas poderá gerar oportunidades durante a pandemia.

“O Qualifica Mulher surgiu em meio ao cenário de pandemia, que retirou 8,5 milhões de mulheres do mercado de trabalho. Sabemos que o empreendedorismo é um dos melhores caminhos para reverter esse cenário, pois, além de contribuir para o crescimento da economia, gerando empregos, colabora para construção de uma sociedade mais equilibrada, na medida em que gera oportunidades de liderança para as mulheres”, disse a secretária.

Para a diretora executiva da Aliança Empreendedora, Lina Useche, as mulheres precisam ver o empreendedorismo como uma opção viável e real.

“Pela crise causada pela pandemia, dentro do empreendedorismo as mulheres têm uma grande representatividade, mas elas também têm grandes desafios. A gente vê que os mesmos desafios que a mulher tem na sociedade, ela também tem quando deseja empreender”, disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos