Ministério Público denuncia homem que confessou ter esfaqueado jornalista em Brasília

BRASÍLIA - O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) denunciou na terça-feira José Felipe Leite Tunholi, que confessou ter esfaqueado o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo. O MPDFT o acusa de dois crimes: tentativa de latrocínio, que é assalto seguido de morte, e corrupção de menores, uma vez que teve a ajuda de um adolescente.

Gabriel levou dez facadas no Sudoeste, em Brasília, na noite de 14 de abril. As perfurações atingiram pescoço, abdômen, tórax e perna e órgãos vitais, como pulmão, além de veias no pescoço e no estômago. Na semana passada, ele recebeu alta da UTI, mas continuou em tratamento no hospital.

O MPDFT explicou que, como o investigado está preso, o prazo para oferecer denúncia é breve, de cinco de dias. Assim, ainda é necessário concluir algumas diligências e perícias, e novas provas poderão surgir ainda, a partir do pedido de quebra do sigilo do celular de José Felipe.

"Verifica-se que há elementos de convicção veementes quanto à prática de crime gravíssimo, que precisa ser totalmente esclarecido, razão pela qual necessária a autorização do acesso ao conteúdo do aparelho celular apreendido com José Felipe Tunholi, de movo a possibilitar que seja melhor esclarecida a dinâmica dos crimes praticados", diz trecho do documento assinado pela promotora Ana Cláudia Magalhães Alves de Melo.

Segundo a a denúncia, o adolescente segurou o jornalista pelo pescoço quando ele voltava para casa, enquanto José Felipe deu as facadas. O adolescente foi preso, confessou sua participação e informou à polícia que outro envolvido era José Felipe, que também veio a ser preso.

O MPDFT destacou que um vizinho de Gabriel viu a cena de seu apartamento, começou a gritar e a dizer que estava filmando, e, por isso, os dois fugiram com os pertences do jornalista, descartando-os depois em local próximo. Uma das facadas desferidas por José Felipe atingiu também o adolescente, que precisou ir ao hospital.

"Ao ser confrontado com as imagens do crime, gravadas por câmeras de segurança do local, o adolescente confessou a autoria do delito e indicou José Felipe como sendo o coautor, razão pela qual o acusado foi preso em flagrante e também confessou a prática dos delitos", diz trecho da denúncia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos